Sobre

Este é um blog sobre mais uma desajustada. Uma dessas garotas por ai que está em busca do seu lugar no mundo e principalmente da sua paz interior.
Transtornos alimentares e depressão passaram para dar um olá e resolveram se fixar. No entanto, são exteriorizados por meio de palavras que formam frases com sentidos abstratos e cruéis.

Talvez você se encontre onde eu me perdi, talvez se perca junto de mim. Porém saiba: ninguém está sozinho.

Anúncios

60 comentários sobre “Sobre

    • Primeiros amiga, aprenda escrever direito, mim não faz nada só índio, e fiMgir não é uma questão de realidade e sim compreensão. Infelizmente com esses bilhões de seres humanos vc é só mais uma nesse mundão. Se aceite, vc deve ser linda a sua maneira. Se ame em primeiro lugar, a tanta coisa para se preocupar! Se ame.

      • desagradável os astutos que corrigem aos demais, mas deve trazer certa paz e falsa sensação de superioridade… Eu tenho nojo, tenho asco dessa presunção assumida. De verdade? Prefiro e considero mais educado ter uma presunção vomitada no vaso sanitário.
        Mel

  1. Vc incentiva varias meninas a procurar ter um biotipo perfeito, e eu acho que por mais que agente tente nós nunca vamos conseguir encontrar um. Pq sempre vai ter alguém mais bonita que a gente, e nós nuncas estaremos satisfeitas com o que somos pq nós somos doentes, nós temos problema em nos aceitar como nós realmente somos, e nada que agente fizer vai mudar isso, se nós emagrecemos 1kg queremos perder mais 2kg, nós estamos em busca de uma coisa que é impossível alcançar, que é a perfeição, ninguém é perfeito e ninguém nunca vai ser, e oque agente tem que fazer é procurar ajuda antes que seja tarde de mais. E acima de tudo temos que procurar ser forte, passar por cima dos nossos problemas e encarar isso de cabeça erguida.
    Vc é muito forte e eu te admiro, e eu te entendo pq também passo por isso e eu sei como é horrível. Beijos Beijos…

    • Você está totalmente certa sobre nunca nos sentirmos satisfeitas, pois é o que acontece. Sempre achamos que irá ficar tudo bem quando perdermos 1kg ou 2kg, e sempre que isso acontece buscamos perder mais.
      Força para você também, e fique a vontade para voltar sempre.

  2. Ei , eu sou muito magra , e odeio… eu me enchergo normal mas as pessoas na escola dizem que tenho corpo de doente de anorexica e agora eu acho que realmente tenho e isso ta me fazendo muito mal, por favor não faz isso , você não precisa ser magra pra ser linda

    • Querida, nem tudo é uma questão de como se apresentar fisicamente, mas deixemos isso pra lá.
      Quando eu tinha os meus 13 anos e estava na escola, ficava muito chateada pois eu não era anoréxica, mas era muito muito magra. Eu queria engordar para parar de ser chamada de Olivia Palito, mas não teve jeito naquela época. Porém posso confessar sem medo: aos meus 18/20 anos eu já tinha um corpo totalmente diferente, que embora não me agradasse, todos gostavam. É coisa de crescer, sabe? E com você vai ser o mesmo: vai crescer e ter um corpo que todos acharão bonito, mas o principal é que você deve acha-lo bonito também. Contudo, não espere anos para amar o seu corpo, deixe que isso aconteça desde já, não deixe que nenhum comentário a cerca disso te faça odiá-lo. Tenho certeza que ele é lindo, assim como você. Não se deixe crescer com a ideia de que seu corpo não é suficientemente bom, afinal, não somos apenas corpo -até eu que vivo tentando de todas as formas mudar o meu corpo, sei disso. Somos muito mais, você é muito mais. Seu comentário foi tão carinhoso que demonstrou uma pessoa incrível por trás dessa tela ai do outro lado.
      Fique bem, garota. E se precisar, me chame.

      • Eu preciso da sua ajuda, eu não consigo mais ser gorda assim. Desespero-me só de me olhar no espelho. Quero alguém que me apoie, que na hora da fome , me ajude a não desistir, preciso de você, todos a minha volta são magros, não entendem isso.. E depois tem aquelas piadinhas que eu odeio. Por favor, me ajuda 😦 !

  3. Eu sou super a favor da ana e da mia, até porque antigamente eu pesava 70kg e hoje estou pesando 56kg, estava super feliz com o resultado mas ainda não cheguei na minha meta. E por causa do meu namorado, comecei a comer como uma porca gorda de novo e minha barriga está gigante (mesmo meu peso estar estacionado).

    Vou acompanhar seu site e queria ter mais contato com você, pra trocar ideias. Wpp: (021) 980676357 E SE ALGUMA MENINA TAMBÉM QUISER CONTATAR COMIGO, SÓ FALAR COMIGO POR ESSE NÚMERO.

    Beijos de borboletas.

  4. Há sempre uma luz lá no fim que não aceita que a gente chegue com a companhia da Ana e da Mia. É hora de dizer adeus. Essa hora chega para todos.

  5. Oi, tudo bem?

    Confesso que estou no trabalho e por isso não pude ler muito do seu blog, mas salvei o link aqui nos favoritos pra ler em casa. Primeiro pq os posts estão muito bem escritos, mas especialmente pelo cuidado com que vc responde às meninas que comentam por aqui.

    Bom, estou comentando aqui pq gostaria de compartilhar algumas coisas com vc e conversar sobre algumas coisas.

    Bom, meu facebook é esse através do qual estou comentando. Vou ficar muito feliz se puder entrar em contato comigo (por lá, pelo meu email: mazzinha@gmail.com ou por onde vc achar melhor!).

    Muito obrigada!!

    • Olá Marcela! Sei que não tem a ver com o assunto, mas não posso deixar de comentar o quão lindo eu acho que o seu nome é! Queria eu ter a sorte de tê-lo!
      No mais, fico feliz que tenha gostado dos escritos do blog e da forma que respondo as pessoas que comentam. É muito importante para mim quando alguém usa do tempo que tem para se dedicar a deixar uma opinião ou mesmo um conselho a alguém que, embora exponha tantos sentimentos na internet, não tem coragem de revelar a própria identidade.
      Se perceber que uma estranha acabou de te adicionar no facebook, saiba que sou eu!

      • Oi, só vi essa sua mensagem hoje, quando tirei um tempinho pra ver seu blog de novo.

        Primeiro, obrigada!!
        Segundo, estou com algumas solicitações pendentes, acho mesmo que vc está lá. Se não, me adiciona de novo? Mas manda uma mensagenzinha, plissss 😉

        Um beijo!!

  6. Você escreve muito bem….Me sinto sempre enorme, mesmo tendo 1,68m e 50,3Kg…Tenho sempre meta de diminuir, mas odeio os julgamentos ao meu redor….Então encontrei esse blog que acredito que será bom para minha leitura diária. Um beijo!

  7. Oi. Acompanho seu blog há um tempo, me identifico com seus sentimentos, choro com seus textos e parece estranho o que eu vou te pedir: por favor, não morra. Sempre quis comentar alguma coisa mas nunca surgiu oportunidade. Nos últimos dias meu medo tem sido abrir o blog e não ter nenhuma postagem nova e a última ser antiga demais.
    Por favor, não me abandone.

    Juliana.

    Ps: me adiciona no whats 13997044442

  8. Linda. Seus escritos me descrevem. Gostaria de saber se poderíamos nos conversar pessoalmente (por mensagens) pois preciso de alguém que “me entenda”. To desesperada novamente, 10 anos de desespero.

  9. Oi, acompanho seu blog faz algum tempo e sempre quando estou motivada a mudar meu comportamento venho aqui visitar. Admiro sua força, sua escrita e sensatez. Gostaria de conversar mais contigo! Se puder me mandar um e-mail ou algo assim, ficarei muito feliz!
    (avictorial@live.com)

  10. Preciso de dicas estou enorme, não consigo me manter na dieta, me odeio, começo na segunda a dieta e na quarta estou comendo o dobro, como ate passar mal, e vomito, mas não estou diminuindo de peso, preciso saber como me manter no foco. estou ficando louca.

  11. Estou encantada com tamanho talento para escrita que você tem. Convivo com os mesmos problemas e me encontro muito aqui. Adoraria muito ter mais contato contigo. Me encontro bastante em cada frase daqui. Bjos

  12. Preciso de ajuda, estou nessa há mais ou menos 1 mês mas quase não tenho resultados. Meus pais estão percebendo e não consigo esconder…
    (jarrasadora@gmail.com)

  13. Oi, tudo bem?
    Meu nome é Nathalie e sou estudante de jornalismo. Vi seu site e achei muito interessante. Estou fazendo uma matéria para a faculdade sobre essa ditadura da beleza, ana e mia e sites, como o seu. Gostaria muito de poder conversar um pouco com você sobre esse mundo, sobre o site, as leitoras e tudo mais. Garanto que seu nome não irá aparecer, se você não quiser. Obrigada desde já. Beijo

  14. Oi…
    Amei o seu blog💕
    Meu nome é Alice, sou bastante tímida e insegura, e queria ter alguém com quem conversar, sabe?
    Eu só busco um apoio, minha vida está passando por uma fase bastante complicada, e acho que não vou conseguir continuar com a anna do jeito que estou, as recaídas e compulsões estão ficando mais frequentes.
    Preciso de uma amiga, que pense como eu, e você parece a pessoa certa… Entendo se não quiser falar comigo, na verdade nem sei pq alguém iria querer mesmo, afinal eu não mereço isso. De qualquer forma, vou deixar meu email aqui, não custa tentar ne?
    Beijos,
    Ali

    • Oi menina, como você está?
      Eu demoro para responder, mas respondo. A Alice do país das maravilhas é uma das minhas personagens favoritas, se eu pudesse, me chamaria Alice também.
      A gente sempre merece mais do que acredita merecer, isso é quase que uma regra.

  15. Boa noite flor!
    Cheguei até seu blog por Deus e vim aqui te dizer como ex anoréxica que existe cura. Existe saída e se hoje vc ainda está viva tudo pode mudar na sua vida. Me encantaria pode conversar mais contigo se puder me mande um e-mail.
    Bjs.

  16. Você parece ser uma pessoa muito adoravel. Eu estou longe, de mim, da Ana, da meta. I’m depress, sou nova no seu blog. Mas se tiver um meio de nós termos um contrato mais direto me deixe saber.

    Grande beijo. ❤

  17. Olá! por favor, leia. Visito muitos sites de ana/mia porque estou fazendo um estudo sobre isso. Não pense que venho pra julgar, pelo contrário, quero apenas conhecer esse universo. Meu maior incentivo para pesquisar sobre, não veio de notícias da TV ou de qualquer outra mídia, veio de algo mais próximo e profundo. Veio de mim. Eu já senti isso na minha adolescência, mas nunca pude associar isso a nada por falta de informação e hoje finalmente vejo no que me encaixava e que tudo que eu sentia vinha disso. Eu fiz mil loucuras em uma constante busca pela perfeição, mas pude perceber que aquilo jamais seria minha felicidade e então tive um grande choque ao me olhar no espelho. Enfim, não tive problemas, apenas uma irregularidade no meu estômago, mas aos poucos fui voltando a alimentação “normal”. Estou te contando isso, porque de alguma forma o que você escreve descreve aqueles meus sentimentos. De todos os blogs que visito, esse é o que mais expressa sentimentos vivos. A verdade é que gostaria de conversar com você se possível, stefani.marie@hotmail.com é meu e-mail se por acaso quiser falar, sou admiradora de sua escrita e de sua luta. Beijos.

  18. Estou cansada de tudo isso , não aguento mais esse sofrimento interno … Virar mia aos 24 anos rsrsrs não achei que fosse possível … Eu venho acompanhando vc desde q iniciei … Vc tem me ajudado não a continuar a ser mia , mas sei q n to sozinha nessa e me identifico com TD o q posta. Obrigada

    • Temos quase a mesma idade, sou um pouco mais velha que você. A mia é mais comum na vida adulta do que na adolescência, sabia?
      Muitas vezes eu pensei: “que vergonha, com essa idade e olha o que estou fazendo!”
      Mas a verdade é que não existe uma idade limite pra gente começar a fazer seja lá o que for e principalmente: não existe idade limite para parar.
      A mia é complicada, eu sei.
      Fico feliz de saber que o que publico tem te ajudado. Somos muitas com sentimentos parecidos e até histórias parecidas.
      Já ouviu falar que dor dividida dói menos?
      Quando precisar conversar, saiba que estou aqui. Sempre estarei.

  19. Eu tenho 14 anos. São 1:43 da manhã, e há muita coisa quebrada em mim, como também deve haver em você. Estou escrevendo isso sem nenhum pedido que você me ajude a emagrecer ou me console por algum de meus problemas, mas sim com a esperança fajuta de que essa mensagem seja um incentivo a você sair desses distúrbios que eu tanto considerei meu esconderijo por anos. De que vale, me diga? Se pensarmos friamente, de que vale você destruir a sua beleza original para criar outra? De que vale você se odiar até alcançar uma meta que pode ser até inalcançável? Não vou vir com papo de religião dizendo que todos nós somos amados e nunca sofreremos nenhum mal sequer, nem direi que você é endemoniada por esse estilo de vida, porque eu idolatrava ele. Eu amava, literalmente, ser anoréxica e bulímica. Era a minha definição de pessoa. Mas em meus inúmeros desmaios e fadigas, eu às vezes pensava “por que? Por que tudo isso, apenas para um número controlar a minha vida de vez? Por que me privar e diminuir a minha vida, apenas por um demônio em minha mente?”. Eu deveria ter escutado essas perguntas antes, e de qualquer maneira, um dia eu ouvi essas palavras. Não vou dizer que a recuperação é fácil e a fé e união vão fazer cada etapa uma moleza, pois estarei mentindo. Porém sei que você é forte, e essa força é a que pode te manter viva. Porra, eu sou incapaz até mesmo de confirmar se você está lendo isso ainda ou não, no entanto, eu continuo tentando e escrevendo para te ajudar. Te implorar. Te suplicar para perceber sua beleza única. Para gritar um “não” e expulsar os demônios que perambulam pelos seus pensamentos. Para mandar um imenso “foda-se” aos que te maltratam e rebaixam. Para simplesmente olhar no espelho e se convencer de que ele não é um monstro e nunca mostrará o seu verdadeiro reflexo. Aquele reflexo que expõe a sua personalidade, o seu caráter, a sua luta, o seu talento. Poxa, eu li os seus trechos nos posts, você escreve muito bem! Há um dom expressivo e lindo em seu interior que é utilizado para se expressar. Você possui qualidades, mesmo que as tenha escondido num baú para não encontrá-las, você sabe que elas existem e residem nas suas características.
    Por favor. Eu choramingo e esperneio para que você me ouça. Não morra. Não assim. Você merece uma morte digna, de velhice, e não algo que interrompa o caminho belo e misterioso que poderia trilhar e criar para si mesma. Sei que é tudo muito fodido, a depressão, os distúrbios, as vozes tão sádicas e constantes que convivem conosco, sussurrando conselhos péssimos em nosso ouvido, mas dê uma chance a sua vida. Uma chance ao seu coração machucado, uma chance ao seu corpo em trapos, uma chance para você se alegrar e viver – não sobreviver.
    Bom, como foi dito anteriormente, esse texto pode não adiantar de nada. Mas tentar é o máximo que minha capacidade me permite. Escrever é o que consigo fazer nessas circunstâncias. E assim, nutrir a esperança de que você terá e pensará sobre o assunto. Nem que por um instante. Mas armazenará o tema na sua mente, e irá se recordar dele a cada tristeza que vier, a cada monstruosidade que surgir, a cada maldade que sua cabeça projetar para você, a cada situação frágil como porcelana. Porque eu reconheço a sua força, para estar aqui ainda e não ter desistido (sem negações de que é forte, porque isso é um fato, não uma suposição).
    E eu espero que essa força te faça ler tal texto até o fim. E o considerar. Pois eu a considero, mesmo sem ser sua amiga de longa data ou ter te visto ao menos uma vez. Se não o fizesse, esse comentário nem existiria. Então, por favor, lhe escrevo um último apelo: seja mais que isso. Mais que essa doença. Mais que o espelho. Mais que a negação. Mais que o pessimismo. Mais que a baixa auto-estima, ou até a ausência dela. Mais que os problemas. Porque você É mais que todos esses quesitos. Você É forte. Você É bonita. Você não precisa ser igual a ninguém para ser linda do seu jeito.
    Por favor.
    Pense nisso.

    • Maria querida, me desculpe pelo tempo para te responder, tive um tempo muito difícil entre o final do ano passado e o início deste ano. Seu comentário é tão maduro para a sua idade, que orgulho tenho eu de que alguém como você comente aqui! Obrigada pela sua preocupação, por ter me escrito coisas que me ajudam a pensar mais no que existe de bom, por ver coisas boas em mim. Sou muito grata por isso tudo, obrigada. Pode ter certeza que seu comentário me ajudou de verdade.

  20. GENTE VCS NÃO PRECISA DE AJUDA DE UMA ANA OU UMA MIA VCS QUEREM PAZ, POIS EU VOU FALAR ALGO QUE FAZ VC TER ISSO TODOS OS DIAS JESUS PRA QUE FICA SE AUTOMUTILANDO PORQUE PRA MIM ISSO É UMA MULTILAÇÃO AO CORPO DE VCS, TODOS SÃO LINDOS NÃO INTERRESA SE VC É GORDO MAGRA ALTO BAIXO, OQUE IMPORTA É QUE EU ACREDITO EM VCS JA TIVE NA SITUAÇÃO DE ME OLHAR E ME SENTIR INFERIOR AS PESSOAS , MAS A UNICA COISA QUE ME FEZ TER FORÇAR LUTAR TER PAZ FOI O SENHOR JESUS. BUSQUE A DEUS EU GARANTO QUE A VIDE DE VCS MUDAM PQ A MINHA MUDOU!!! DEUS ABENÇOE. NÃO PROCURE AJUDA COM PESSOAS QUE QUEREM DESTRUIR VCS. E A CRIADORA DO BLOG QUE DEUS TE ABENÇOE, NÃO ENCENTIVE A FAZER MAS E MAS VEZES ENCENTIVE A LUTAR CONTRA ESSE PROBLEMA , QUE PASSOU DE UM PROBLEMA FISICO E SE TORNO ESPIRITUAL!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s