10 comentários sobre “Anotações de diário

  1. Olá …
    Não nos conhecemos, e você provavelmente nunca foi no meu blog. Mas gosto de acompanhar o seu blog, e um outro que me inspiram. Não acho que você mereça a dor, mas nós que carregamos o fardo pesado que é a vida, infelizmente pensamos assim. Espero que a dor não penetre em sua alma. Deixe ela livre…
    Abraço.

    • Olá, realmente é provável que eu nunca tenha ido ao teu blog, sinto muito por isso. Estou a um tempo evitando sites que falem sobre ana/mia, embora eu escreva sobre isso, mas me sinto lisonjeada por saber que meu blog te inspira de alguma forma.
      E bem, acredito que a dor está inclusa ao fardo pesado que a minha vida é, sinto por saber que pensas dessa maneira, pois assim sei que também sofres como eu.
      Sobre a dor, acredito que ela penetrar a alma não seja uma preocupação, visto que acredito que seja ela a nascente de todo o sofrimento.
      No mais, espero que você fique bem!

    • Acredito que a dor e a tristeza são as formas que tenho de me redimir por existir.
      Talvez nem todos os que nasçam mereçam viver e eu seja uma dessas pessoas, portanto estou pagando o preço pela minha escolha.
      Infelizmente eu sempre a mereci. Já achei que não, mas isso foi em outros tempos, outras eras talvez. No momento sinto que devo aceitar que a dor e a tristeza são merecidas para -talvez- encontrar uma forma de vivê-las com um pouco mais de paz.
      Porém, muito obrigada por ter comentado. Realmente levo a sério as opiniões que surgem aqui.

      • Eu consigo concordar com você.Você não é só isso,porque eu já vi tanta coisa além disso nesse blog.Você merece viver,no sentido mais pleno da palavra.Eu acho que o resto de você está congelado em você mesma,parado em momento onde fizeram com que ele parasse de se desenvolver.Mas ele está ai.Talvez seja difícil ver porque talvez isso foi muito tempo atrás.

      • É complicado ser e não ver que é. Talvez eu seja mais que isso, em alguns dias até consigo acreditar. Porém, as recaídas sempre estão cá e lá. Todos falam-me do passado, de retroceder ao ponto em que “travei”. Contudo, meu medo do passado é maior do que a minha coragem de buscar respostas nele. Queria poder olhar-me também com teus olhos. Entretanto, tenho receio de que algum dia você realmente possa ver o que vejo em mim.

  2. Você acabou descrever como eu me sinto quando minha psicologa me pede pra relembrar o passado.Eu tenho medo do que eu vou encontrar por lá, de que a pequena ponta de esperança de que eu não seja tão culpada assim, se destrua e eu perceba,que no fim das contas o problema sempre fui eu,que eu sempre errei.Mas se vale alguma coisa eu realmente acredito que você não é assim como eu.Creio que em você existe tanta beleza e pureza guardadas.Espero que eles brilhem em meio aos seus problemas.

  3. O problema dessa sua filosofia de “eu mereço sofrer” é que você não está sofrendo sozinha: ao se fazer sofrer, você está fazendo sofrer outros ao redor. Gente que te ama e se importa com você. Você quer se punir, e pune todo mundo. Isso é egoísmo seu. Os outros seriam bem mais felizes se você conseguisse se perdoar e tentasse ser feliz também. Você daria menos preocupação. Você deveria tentar se recuperar e ser feliz pelo menos pelos outros, se você pensa que não merece por você mesma.

    • Não tente fazê-la se sentir pior do que já está. Ela não tem dever algum em fazer os outos serem felizes e menos preocupados. É a si mesma que ela está destruindo, e se a família vai junto no pacote… Bem, isso é triste. Mas o foco é ela. A saúde mental e a doença dela, o quanto a faz sofrer e ainda assim, ela não consegue abandonar.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s